dor-cabeca-6Dor de cabeça é um sintoma de Disfunção Temporomandibular (DTM)?

Dores de cabeça fazem parte dos sintomas mais frequentemente relatados pelos pacientes com DTM. A dor de cabeça (cefaleia) afeta pessoas de todas as idades (54,2% adultos, 51% adolescentes e 24% idosos) e de ambos os sexos, sendo mais comum em mulheres.

Dor na cabeça pode ser um sintoma de DTM. Nestes casos a dor na cabeça pode ser em pressão, localizada nas têmporas, e do mesmo lado da DTM. Esta dor recebe a denominação de dor de cabeça secundária, ou seja, causada pela presença da DTM.

Entretanto, é muito comum que o paciente apresente dor de cabeça primária (quando a dor de cabeça é a própria doença) e DTM. Existem vários tipos de dor de cabeça, os mais comuns na população brasileira, segundo a Sociedade Brasileira de Cefaleia, são: migrânea (15,2%), cefaleia tensional (13%) e cefaleia crônica diária (6,9%).

A migrânea, mais conhecida como enxaqueca, é uma dor que afeta normalmente a metade da cabeça, piora com esforços físicos e, além da dor, os pacientes costumam apresentar outros sintomas durante a crise: intolerância à luz (fotofobia), obrigando o indivíduo a procurar locais escuros para seu conforto; intolerância a ruídos (fonofobia), de forma que o paciente se afasta dos locais ruidosos; e intolerância a odores (osmofobia). Outros sintomas frequentes são náusea e vômito.

quanto-custa-quiropraxia-para-dores-de-cabecaPosso ter dor de cabeça primária e DTM?

Sim. É comum o paciente apresentar cefaleia e DTM ao mesmo tempo. Como ambas interferem com a vida cotidiana e comprometem o relacionamento social e afetivo, devem ser adequadamente diagnosticadas e tratadas. Muitos pacientes procuram tratamento sem acompanhamento de um profissional adequado, optando por automedicação. É importante procurar um profissional da área da saúde, podendo ser um cirurgião dentista especialista em DTM/DOF, um médico neurologista, entre outros, para que se faça um diagnóstico diferencial e se estabeleça um plano de tratamento, e caso necessário, encaminhar o paciente a outros profissionais.

Estudos recentes têm demonstrado que além das DTM e as cefaleias primárias acontecerem com grande frequência simultaneamente nos pacientes, pode também haver uma interação entre essas condições. Isso significa que a pessoa que sofre de migrânea, por exemplo, pode ter mais crises de dor de cabeça, essas dores tendem a ser mais intensas e apresentarem maiores dificuldades para melhorar com os tratamentos disponíveis. O inverso também é verdadeiro. Assim, é importante que haja uma abordagem conjunta do cirurgião-dentista especialista em DTM e Dor Orofacial, e o médico neurologista para que se obtenha resultados mais satisfatórios.

Se você suspeita que é portador de DTM ou outra condição de Dor Orofacial, procure um Cirurgião Dentista especialista em DTM e Dor Orofacial, que é a especialidade odontológica que cuida destas e de outras dores da face

botao recomendar